COVID-19: AVALIAÇÃO REMOTA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

Recentemente, o COFFITO, por meio de ofício, publicou uma resolução (no 516, 23/03/2020) autorizando fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais a realizarem atendimentos nas modalidades de Teleconsulta, Teleconsultoria e Telemonitoramento. Dessa forma, fisioterapeutas podem manter os atendimentos aos seus pacientes através de videochamadas.

Recentemente, o COFFITO, por meio de ofício, publicou uma resolução (no 516, 23/03/2020) autorizando fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais a realizarem atendimentos nas modalidades de Teleconsulta, Teleconsultoria e Telemonitoramento. Dessa forma, fisioterapeutas podem manter os atendimentos aos seus pacientes através de videochamadas.

Neste sentido, mesmo fisioterapeutas traumato-ortopédicos devem estar atentos para reconhecer e monitorar se seus pacientes apresentam características clínicas indicativas de contágio do COVID-19. Além disso, fisioterapeutas de qualquer especialidade devem ser capazes de fazer uma triagem rápida, através de consulta remota, para identificar e encaminhar estes pacientes adequadamente.

Acesse o link para maiores informações.