DOR CRÔNICA EM IDOSOS

Envelhecer com saúde e qualidade de vida é o objetivo de todos. ⠀ Com o aumento da longevidade e o aparecimento de doenças crônicas, muitas vezes pode ser difícil atingir essa meta. ⠀

Envelhecer com saúde e qualidade de vida é o objetivo de todos. ⠀
Com o aumento da longevidade e o aparecimento de doenças crônicas, muitas vezes pode ser difícil atingir essa meta. ⠀
Uma das condições de saúde que afeta negativamente a qualidade de vida dos idosos é a dor crônica. ⠀
Idosos com dor crônica apresentam limitações do movimento, perda de força muscular, incapacidade e consequentemente, piora da qualidade de vida. ⠀
Fisioterapeutas Ortopédicos são cruciais no enfrentamento dessa condição. Cabe a eles o diagnóstico das alterações funcionais e a prescrição de exercícios terapêuticos, com o objetivo de reduzir a dor, melhorar a mobilidade articular, aumentar a flexibilidade e promover fortalecimento muscular, com ênfase em atividades funcionais do dia-a-dia. Os idosos devem ser encorajados a realizar estes exercícios o mais cedo possível, de forma segura e progressiva, conforme as suas necessidades individuais. ⠀
Lembre-se: As alterações nos exames de imagem não devem guiar o tratamento, pois nem sempre estão correlacionadas com a causa da dor, sendo na maioria das vezes decorrentes do processo natural de envelhecimento do organismo. ⠀
Portanto, idosos que tenham dores crônicas devem evitar o repouso excessivo e a limitação das suas atividades de vida diária. O movimento é a chave para a recuperação das funções e melhora da qualidade de vida nessa população. ⠀
Se você possui dor crônica, procure um fisioterapeuta especialista em traumato-ortopedia. Ele é um profissional habilitado e qualificado para auxiliá-lo na recuperação da sua saúde funcional.